Os 8 melhores celulares para redes sociais, de intermediários a top

Quem acompanha o Nanobits com boa frequência já deve ter entendido que a filosofia por aqui é que não existem celulares ruins, mas sim um púlbico específico para cada modelo. Claro que não é uma coisa a se levar ao pé da letra, mas hoje em dia é cada vez mais raro encontrarmos smartphones que não prestam de jeito nenhum. É mais ou menos com esta ideia em mente que separamos os 8 melhores celulares para redes sociais.

Como dispositivos de entrada geralmente entregam uma experiência um pouco abaixo do esperado, separamos aqui três intermediários e quatro tops de linha. Claro que , hoje em dia, qualquer celular é suficiente pra usar redes sociais, mas se você quer ter a melhor qualidade e experiência de uso — inclusive para produzir o seu próprio conteúdo —, vai ter que abrir a carteira um pouquinho.

OBS: a lista abaixo respeita mais ou menos os preços a serem pagos em cada aparelho. Aqui há uma lógica: quanto maior o investimento, melhor a qualidade para consumir ou produzir postagens nas redes sociais (geralmente. Não é uma regra escrita em pedra).

1. Galaxy A15 5G: baratinho honesto da Samsung

Samsung Galaxy A15 5G
Galaxy A15 5G é um baratinho honesto para acessar redes sociais (Imagem: Samsung)

O primeiro aparelho da lista é o baratinho da Samsung que mais vale a pena comprar em 2024. O Galaxy A15 5G tem um conjunto de câmeras decente, processador bom para tarefas simples, tela AMOLED com ótima visualização e bateria com duração para mais de um dia.

Se você quer usar mais para navegar nas redes sociais do que para produzir conteúdo, o A15 5G está de muito bom tamanho. Você vai pagar menos de R$ 900 em um celular que terá excelente durabilidade, já que a Samsung promete até quatro atualizações do Android, além de cinco anos de pacotes de segurança.

E mesmo para produzir, ele não faz feio. As câmeras não competem com aparelhos mais caros, obviamente, mas têm qualidade razoável para um celular barato.

2. Redmi Note 13 5G: alternativa de baratinho honesto da Xiaomi

Redmi Note 13 5G
Redmi Note 13 5G é uma alternativa baratinha interessante para quem gosta da Xiaomi (Imagem: Xiaomi)

O segundo modelo desta lista é o Redmi Note 13 5G, que eu analisei para o Canaltech. É um dos baratinhos mais honestos de 2024, e eu recomendo para quem gosta da Xiaomi. É um modelo com tela OLED, ou seja, tem boa visualização em diferentes cenários, além de um bom processador e câmeras bacanas.

Este celular já chegou a ficar menos de R$ 1.000, mas é mais comum encontrá-lo na faixa dos R$ 1.100. Ele não é tão melhor que o Galaxy A15 5G para justificar essa diferença de preço, mas ainda está em uma faixa aceitável. Especialmente para quem faz questão de um Xiaomi barato.

A lista de especificações do Redmi Note 13 5G traz tela AMOLED de 6,67 polegadas com taxa de atualização de 120 Hz. O processador é um MediaTek Dimensity 6080, e ele pode ser encontrado com 8/256 GB com selo da Anatel, mas também dá para achar uma versão com 6/128 GB com importadores. E tem até 12//512 GB de memória por aí (mas aí já é difícil de achar esta versão).

3. Moto G84: intermediário bom e barato para produzir para as redes

Motorola Moto G84
Moto G84 é o melhor Moto G para as redes sociais (Imagem: Motorola)

Agora damos um salto na faixa de preço para encontrar o Moto G mais baratinho entre as boas opções para redes sociais. O Moto G84, apesar de já ter um sucessor no mercado, ainda entrega boa experiência em câmeras, desempenho, bateria e tem tela OLED, ou seja, boa visualização em todos os cenários possíveis.

O conjunto de câmeras é bem satisfatório para um celular na faixa de R$ 1.300, e a bateria tem duração de cerca de um dia. Este modelo já é um pouco melhor para criar conteúdo, além de apenas consumir. Ainda não compete com aparelhos topo de linha em qualidade das fotos e velocidade de renderização de vídeos, mas já dá para o gasto.

A lista de especificações do Moto G84 traz tela p-OLED de 6,5 polegadas com taxa de atualização de 120 Hz. O processador é o Snapdragon 695, e você encontra o modelo com 8/256 GB de memória. A bateria de 5.000 mAh tem suporte a recarga de 30  W, apesar de o aparelho acompanhar um carregador de 33 W. As câmeras são de 50 MP para a principal, 8 MP para a ultrawide e 16 MP para a frontal.

4. Galaxy A55: intermediário excelente para tirar fotos

Samsung Galaxy A55
Galaxy A55 é um dos melhores intermediários atualmente (Imagem: Samsung)

Um dos melhores celulares intermediários da atualidade, o Galaxy A55 tem câmeras excelentes para produzir conteúdo para as redes sociais. Todo o conjunto do aparelho é excelente, com tela Super AMOLED e bateria com boa duração. O desempenho também não deixa a desejar, apesar de não ser páreo para modelos topo de linha, ainda.

A tudo isso se junta o design bonito e com material premium. Este é o primeiro smartphone da lista que tem traseira em vidro e laterais em alumínio. Além de trazer certificação IP67, podendo ser mergulhado em até 1 metro de profundidade por 30 minutos sem sofrer danos nos componentes internos.

A lista de especificações trazem a tela Super AMOLED de 6,6 polegadas com taxa de atualização de 120 Hz e suporte a HDR10+. O processador é o Exynos 1480, e você encontra o Galaxy A55 com 8 GB de memória RAM e opções de 128 GB ou 256 GB de armazenamento. O celular da Samsung tem bateria de 5.000 mAh com suporte a carregamento de até 25 W. E traz conjunto de câmera triplo com 50 MP + 12 MP + 5 MP, além da frontal de 32 MP.

5. Realme 12 Plus: alternativa da Realme com excelentes câmeras

Realme 12 Plus
Realme 12 Plus tem tela OLED e excelentes câmeras (Imagem: Realme)

Eu poderia ter listado o Realme 12 aqui, mas quis tentar trazer apenas modelos com tela OLED, que é a melhor para usar em ambientes externos. Sendo assim, vamos para o Realme 12 Plus, que é ainda melhor que o modelo-base e tem um conjunto de câmeras mais interessante para redes sociais, já que inclui uma ultrawide e tem selfies com maior resolução.

Além de também ter um ótimo desempenho, o ponto forte do celular da Realme é seu conjunto fotográfico. Apesar de possuir câmera principal com menor resolução que o Realme 12, o modelo Plus não fica atrás em qualidade. E, como já mencionei, tem a ultrawide de vantagem, além de selfies melhores.

Lista de especificações: tela AMOLED de 6,67 polegadas com taxa de atualização de 120 Hz com HDR10+, processador MediaTek Dimensity 7050 e memória de 12/256 GB. A bateria tem 5.000 mAh com suporte a recarga de até 67 W. E o conjunto de câmeras é de 50 MP + 8 MP, com a frontal de 16 MP.

6. Motorola Edge 50 Fusion: muito poder a preço mais baixo

Motorola Edge 50 Fusion
Edge 50 Fusion é opção mais em conta da excelente linha da Motorola (Imagem: Motorola)

Eu poderia indicar o Edge 50 Pro aqui, mas a diferença de preço não justifica a economia. O Edge 50 Fusion é bom o bastante em todos os sentidos, e fica cerca de R$ 500 a R$ 600 mais barato que o modelo mais potente. Para as redes sociais, está de muito bom tamanho, inclusive para criar conteúdo.

É verdade que o poder de processamento do Fusion fica um pouco abaixo do Pro, mas a economia faz valer a pena. Afinal, o Snapdragon 7s Gen 2 consegue entregar desempenho mais que suficiente para o dia a dia, e também consegue realizar tarefas mais pesadas de maneira satisfatória. E ele ainda tem 8 GB de memória RAM, que é o bastante para um bom multitarefas.

O resto das especificações do Motorola Edge 50 Fusion inclui tela p-OLED de 6,7 polegadas com taxa de atualização de 144 Hz. A bateria é maior que a do Pro, com 5.000 mAh, mas o carregamento não é tão rápido, apesar de já ter 68 W. O conjunto de câmeras é duplo com principal de 50 MP e ultrawide de 13 MP, enquanto a frontal possui resolução de 32 MP.

7. Galaxy S23 FE: quase topo de linha com preço mais acessível

Samsung Galaxy S23 FE
Galaxy S23 FE é o “quase topo de linha” da Samsung que vale muito a pena (Imagem: Samsung)

Não preciso recomendar os celulares topo de linha da Samsung para redes sociais, todo mundo sabe que eles são excelentes para isso. Mas você não precisa torrar suas economias por um Galaxy S23 Ultra ou um dos mais novos, quando tem a alternativa do S23 FE, que é muito bom e bem mais em conta.

Na casa dos R$ 2.100, o celular quase topo de linha oferece excelente experiência em todos os sentidos. A tela é muito boa, as câmeras não ficam muito atrás dos modelos “completos”. A economia aqui vale a pena, caso você não tenha condições de levar os modelos ligeiramente mais avançados.

8. iPhone 15: tão bom quanto o Pro, com preço mais em conta

Apple iPhone 15
Apple iPhone 15 (Imagem: Jayanth Muppaneni/Unsplash)

O modelo Pro do iPhone não é tão diferente da versão base como a Apple gosta de fazer parecer. As vantagens são melhor aproveitadas por quem é profissional em audiovisual. O único ponto de desvantagem real é a câmera zoom, inexistente no iPhone 15 ou 15 Plus. Mas a aproximação digital resolve o problema em boa parte dos casos.

O iPhone 15 tem tela de 6,1 polegadas, enquanto o modelo Plus tem 6,7 polegadas. Ambos possuem recursos completos, com HDR10 e Dolby Vision. A taxa de atualização fica limitada aos 60 Hz, mas isso afeta pouco a experiência.

A questão aqui é a diferença de preço. O iPhone 15 parte de cerca de R$ 4.800 com 128 GB de armazenamento, enquanto o Plus salta para R$ 5.700. Mas o iPhone 15 Pro é ainda mais caro que o Plus, já que a versão de 128 GB está na faixa dos R$ 6.300. A meu ver, não justifica ser R$ 1.500 mais caro que o modelo-base, que tem tudo o que a maioria das pessoas precisa.

1 comentário em “Os 8 melhores celulares para redes sociais, de intermediários a top”

Deixe uma resposta