Realme 8 Pro desembarca no Brasil com câmera de 108 MP

A Realme começou a operar oficialmente no Brasil no final do ano passado e fez os primeiros anúncios no começo de 2021. Depois de três lançamentos até abril, a empresa lançou mais três aparelhos de uma vez, sendo um deles o Realme 8 Pro, intermediário com câmera de 108 MP e leitor de impressão digital sob a tela.

Mas, afinal de contas, o Realme 8 Pro é bom? Vale a pena pelo preço cobrado? E qual é o preço? Você descobre as respostas para todas estas perguntas nos parágrafos a seguir.

Realme 8 Pro: câmera poderosa e bom conjunto geral

  • TelaSuper AMOLED 6,4" FHD
  • PlataformaSnapdragon 720G
  • RAM/Armazenamento8/128 GB
  • Dimensões e peso160,6 x 73,9 x 8,1 mm, 176 g
  • Bateria4.500 mAh
  • Câmera108 MP + 8 MP + 2 MP + 2 MP
  • Selfie16 MP

O intermediário da Realme tem um design batizado pela própria marca de ‘infinite bold’. A ideia é que o celular passa a essência do céu noturno, com um acabamento “áspero” cujo reflexo da luz faz parecer milhares de estrelas em sua traseira. “O grande logotipo na traseira representa o estilo e a ousadia que te destacam na multidão”, explica a companhia.

Com 8,1 mm de espessura e 176 gramas de peso, o dispositivo é 0,6 mm mais fino e 6 gramas mais leve que seu antecessor, além de ter redução nas outras medidas, também. Pode ser encontrado nas cores preto e azul no Brasil, e tem um Infinite Yellow por aí, mas você teria que importar.

O aparelho traz ainda leitor de impressão digital sob a tela e conectores USB-C, para o carregador e transferência de dados, e P2, para fones de ouvido e microfones. O conjunto de câmeras quádurplo fica no canto superior esquerdo da traseira, com duas fileiras e duas colunas para cada lente, e o flash abaixo, já em uma parte com a mesma cor da tampa traseira.

Tela e áudio

Realme 8 Pro
Realme 8 Pro (Divulgação/Realme)

A tela do Realme 8 Pro é a mesma do seu antecessor, ou seja, um painel Super AMOLED de 6,4 polegadas com um furo no canto superior esquerdo para a câmera frontal. A taxa de atualização também ficou mantida nos 60 Hz, bem como a resolução Full HD (1080 x 2400 pixels).

Uma mudança destacada pela empresa é a taxa de amostragem de toque, de 180 Hz. Isso significa que o celular oferece reação mais rápida para um controle mais preciso, especialmente em jogos. O brilho de pico pode chegar a 1.000 nits, segundo a Realme.

O dispositivo ainda possui áudio com certificação Hi-Res Dirac Sound, mas o som é mono.

Hardware e bateria

Realme 8 Pro
Realme 8 Pro (Divulgação/Realme)

Com o Snapdragon 720G, o Realme 8 Pro conta com o mesmo poder de processamento de seu antecessor. Trata-se de uma plataforma fabricada em litografia de 8 nm com processador de oito núcleos dividido em dois Kryo 465 Gold de 2,3 GHz e oitros seis Kryo 465 Silver de 1,8 GHz.

O dispositivo ainda desembarca no Brasil com a mesma capacidade de memória que o Realme 7 Pro, ou seja, são 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento do tipo UFS 2.1. Em resumo, vai rodar a maior parte das tarefas atuais sem travamentos e aguenta até jogos mais pesados, com uma pequena redução nos gráficos.

Mas o que a fabricante mais destaca no modelo — além, claro, da câmera — é a bateria. São 4.500 mah com recarga de 50 W, um pouco menos veloz que o antecessor. A Realme promete 50% da carga em 17 minutos de tomada e cerca de 47 minutos para atingir 100%. Ainda descreve uma proteção inteligente em cinco camadas que evita o desgaste da vida útil do componente.

Basicamente, você pode programar o aparelho para ficar a noite inteira na tomada e chegar aos 100% de carga apenas alguns minutos perto do seu horário de acordar. Com isso, evita-se aquele ciclo de chegar ao máximo, desligar o carregamento, descarregar um pouco, religar o carregamento, voltar ao máximo e por aí vai.

Câmeras

Realme 8 Pro
Câmera de 108 MP é o grande destaque (Divulgação/Realme)

O conjunto de quatro câmeras é um dos grandes destaques aqui, especialmente o sensor principal de 108 MP. Uma ultra wide de 8 MP, uma macro de 2 MP e um sensor preto e branco de 2 MP completam o grupo, que tem ainda uma câmera de selfies de 16 MP na frente.

Esse sensor principal é um ISOCELL HM2, que tem milhões de pixels de 0,7 μm que podem se combinar em grupos de nove em um, totalizando um pixel bem maior de 2,1 μm. Isso possibilita captar mais luz, mais detalhes e gerar menos ruídos. E também permite dar um zoom de 3 vezes para capturar imagens aproximadas sem muita perda de detalhes ao capturar até oito fotos de uma vez e sintetizá-las para maior nitidez.

Entre os recursos do aplicativo de câmera, a Realme destaca os modos Starry, que faz fotos e vídeos em time-lapse das estrelas, um Ultra Zoom de 3x, com aproximação óptica da imagem ao fazer um recorte na foto de 108 MP, o novo Super Nightscape, que combina a junção dos pixels com um uso de IA para ajustar o ISO e remoção de ruído para entregar fotos noturnas limpas e nítidas, e o Tilt-shift, que também funciona em foto e vídeo e desfoca as bordas do quadro para dar a impressão de um “mundo em miniatura”.

Nas selfies também tem recursos interessantes, como o Retrato Neon, que dá um efeito na luz de foto par dar um ar “romântico” à imagem; e o Bokeh Dinãmico, que mantém um efeito de movimento no fundo. Além, claro de inteligência artificial no Modo Retrato, que usa um algoritmo e otimiza suas selfies para desfocar apenas o fundo. O Super Nightscape também está disponível para fotos com a câmera frontal.

O conjunto ainda tem vários recursos de vídeo, que pode ser gravado em 4K com a câmera principal e 1080p (Full HD) com a frontal. Tem superestabilização e modos Dual View, que pega imagens com as duas câmeras ao mesmo tempo, e Ultra Nisghtscape, para vídeos com pouca luz nítidos e sem muitos ruídos.

Sistema e recursos

Realme 8 Pro
Realme 8 Pro tem Android 11 de fábrica (Divulgação/Realme)

O Realme 8 Pro vem com Android 11 rodando sob a Realme UI 2.0, mas a política de atualizações da empresa é um pouco semelhante à da LG: atualizações apenas no caso de a performance do aparelho estar comprometida. E nem sempre é garantida a atualização da versão do sistema.

Falando em recursos extras, o dispositivo tem leitor de impressão digital sob a tela, organizador de jogos Game Space e Game Assistant, e qualidade de construção atestada em “mais de 320 testes”. Em conectividade tem 4G, Wi-Fi dual-band (2,4 GHz e 5 GHz), Bluetooth 5.0, portas Usb-C OTG e P2, mas aparentemente não tem NFC ativo no modelo que veio para o Brasil.

Onde comprar o Realme 8 Pro

Você encontra o Realme 8 Pro preço promocional de R$ 2.099 (está R$ 1.999 no momento da publicação deste artigo) até o dia 8 de julho nos sites do Grupo B2W (Americanas, Submarino e Shoptime). Depois, o valor será de R$ 2.599, com selo Anatel e garantia de 12 meses. Na Amazon dá para achar modelos importados.

Veja outros lugares para comprar o aparelho

Realme 8 Pro: ficha técnica

Sobre

Preço sugerido* Preço oficial de lançamento sugerido pela marca R$ 2.599
Dimensões 160,6 x 73,9 x 8,1 mm
Peso 176 gramas
Cores Amarelo, azul, preto
Lançamento Dia em que foram iniciadas as vendas no Brasil 23 junho, 2021
Sistema Operacional SO // Todo sistema de computação roda em um software base chamado sistema operacional (SO), que controla todas as operações computacionais básicas. Os apps que instalamos precisam ser compatíveis com esse sistema. Android 11

Especificações

Tela principal Tecnologia do painel // Existem vários tipos de display no mercado, como LCD, OLED e variantes, a depender da fabricante. Telas com painel LCD/TFT costumam entregar cores mais naturais, enquanto OLED/AMOLED entregam cores mais vivas e alcançam brilho maior. Super AMOLED de 6,4" Full HD+ (1080 x 2400 pixels)
Plataforma Plataforma ou chipset é um conjunto de circuitos integrados que, no caso do celular, inclui processador, chip gráfico e vários outros componentes cruciais para o bom funcionamento do aparelho. Qualcomm Snapdragon 720G Octa-core 8 nm
Memória RAM (Random Access Memory, memória de acesso aleatório) e armazenamento interno total do dispositivo. 8/128 GB
Cartão de memória microSD
Bateria Capacidade de bateria disponível no dispositivo. Considerada a capacidade típica. 4.500 mAh
Rede Rede se refere às tecnologias de transferência de dados às quais o aparelho possui suporte. 2G, 3G, 4G, Bluetooth 5, Wi-Fi dual-band

Câmera

Principal Câmera principal é a utilizada como padrão no seu celular para tirar fotos e gravar vídeos. 108 MP, f/1.9
Ultra-wide Um sensor extra presente no celular para captar quadro com ângulo de visão aumentado. 8 MP, f/2.3, 119°
Macro Câmera que capta detalhes de objetos muito próximos, geralmente com distância focal de 2 até 6 centímetros, no máximo. 2 MP, f/2.4
Profundidade Câmera secundária de um celular que serve apenas para ajudar na captação de imagens com o chamado "efeito Bokeh", ou seja, fundo desfocado. 2 MP, f/2.4
Vídeo Resolução máxima de captação de vídeo com a câmera traseira e taxa de quadros. [email protected], [email protected]/60/120/480fps, [email protected]
Frontal Câmera responsável pela captação de fotos e vídeos "selfies" 16 MP, f/2.5, [email protected]/120fps